Audiência Pública na Câmara quer entender se formação de profissionais da saúde em curso a distância é viável.

Na próxima quinta-feira, 19 de março, o deputado Mandetta (DEM-MS) irá receber representantes dos Conselhos profissionais da área da saúde, de órgãos federais da educação e da saúde, e também representantes das instituições de ensino que oferecem graduação a distância. Na pauta, o Projeto de Lei nº 5.414/16, que proíbe o incentivo do desenvolvimento e veiculação de programas de ensino à distância em curso da área de saúde.

A convocação desses representantes para a realização de Audiência Pública sobre o EaD tem o objetivo de esgotar, tanto quanto possível, as argumentações - contrárias e favoráveis - à oferta de cursos de graduação na saúde totalmente na modalidade EaD. O deputado considerou, ao convocar a Audiência Pública, que existe um consenso entre as entidades representativas das profissões de saúde de que a graduação à distância dos cursos da área   pode impactar em uma formação inadequada, sem a integração necessária que o acadêmico precisa ter, com o ensino e comunidade.

Até a tarde desta sexta-feira, ainda não havia sido definido o horário para realização da Audiência, ou mesmo se ela contará com transmissão online. A confirmação dessas informações será divulgada pelo site do Crefito-3 e também por seus canais no Facebook e Instagram.

Acompanhe essas e outras notícias nos canais informativos do Crefito-3

Instagram

Facebook

Youtube