Recursos da segunda etapa de empréstimos via Pronampe já estão liberados
Linha de crédito é voltada a microempresas com faturamento de até R$ 360 mil por ano e empresas de pequeno porte, que faturam até R$ 4,8 milhões anualmente, além de profissionais liberais.

Nesta semana, foi liberada a segunda etapa de empréstimos via Pronampe (Programa Nacional de apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte), que visa garantir linha de crédito a profissionais liberais. De acordo com o Governo, a linha de crédito foi criada em decorrência da crise econômica ocasionada pela pandemia de COVID-19 para atender especialmente a quem está vulnerável, como os profissionais liberais. 


Crédito

O limite do crédito terá o valor máximo de R$ 100 mil. A taxa de juros será de até 7% ao ano, com prazo de pagamento de até 36 meses, sendo oito de carência. A linha de crédito concedida no âmbito do Pronampe corresponderá a até 30% da receita bruta anual calculada com base no exercício de 2019, salvo no caso das empresas que tenham menos de 1 ano de funcionamento, hipótese em que o limite do empréstimo corresponderá a até 50% do seu capital social ou a até 30% de 12 vezes a média da sua receita bruta mensal apurada no período, desde o início de suas atividades, o que for mais vantajoso.


Os interessados em aderir ao Pronampe devem procurar banco, falar com seu gerente de relacionamento e manifestar seu interesse. Em posse da nova lei, os gerentes dos bancos já conseguem prestar algumas orientações iniciais para que o interessado consiga se organizar rapidamente e adotar o programa. Segundo informou o site InfoMoney, os bancos podem fazer contratações até 19 de novembro de 2020 ou enquanto houver recursos disponíveis, já que são limitados.


Para ouvir

A edição de 27 de agosto do podcast Movimenta, tratou sobre nova linha de crédito do Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe) que visa garantir linha de crédito a profissionais liberais.