Ministério da Saúde pede aos Estados prioridade na imunização de profissionais da Saúde
Coordenação-Geral do Programa Nacional de Imunizações (CGPNI), do Ministério da Saúde, enviou ofício às Coordenações Estaduais de Imunização solicitando prioridade na imunização desses profissionais

No dia 11 de março, a Coordenação-Geral do Programa Nacional de Imunizações (CGPNI), do Departamento de Imunização e Doenças Transmissíveis (DEIDT) da Secretaria de Vigilância em Saúde (SVS) do Ministério da Saúde (MS), enviou solicitação às Coordenações Estaduais de Imunização com orientações técnicas de vacinação do grupo prioritário “Trabalhadores da Saúde” da Campanha Nacional de Vacinação contra a COVID-19. 


No documento, a Coordenadora Francieli Fontana Sutile Tardetti Fantinato solicita prioridade para todos os profissionais de saúde, incluindo Fisioterapeutas e Terapeutas Ocupacionais de todos os serviços de saúde públicos e privados, tais como hospitais, clínicas, ambulatórios, Unidades Básicas de Saúde, laboratórios, programas ou serviços de atendimento domiciliar, Instituições de Longa Permanência (ILPs) e outros. O ofício ressalta que “deverão ser vacinados todos os profissionais de saúde, contemplados na Resolução n° 287, de 8 de outubro de 1998, do Conselho Nacional de Saúde, independentemente do local de atuação.”  


Doses de vacina


Apesar da solicitação de prioridade na imunização desses profissionais, devido à estimativa populacional dos trabalhadores de saúde, bem como ao número de doses disponíveis para distribuição inicial aos Estados, a Coordenação-Geral explica que, por ora, não há vacinas disponíveis para imunização de todos os trabalhadores da saúde e cabe aguardar a celeridade na compra dos imunizantes por parte do Governo Federal. 


Ações do CREFITO-3


No início do mês de março, o CREFITO-3 enviou ofício ao Ministério da Saúde, à Secretaria Estadual de Saúde e aos municípios para cobrar a vacinação dos Fisioterapeutas e Terapeutas Ocupacionais inscritos no Conselho. Além disso, também esteve reunido com outros Conselhos e vereadores para articular a vacinação desses profissionais. 


De acordo com o presidente do CREFITO-3, Dr. Raphael Martins Ferris, a imunização dos Fisioterapeutas e Terapeutas Ocupacionais é questão central no combate à pandemia, visto que esses profissionais estão inseridos em todo processo de recuperação do paciente, dentro e fora das Unidades de Terapia Intensiva.


Leia AQUI os ofícios assinados pelo presidente do CREFITO-3. No mesmo link é possível conhecer o parecer da Procuradoria Jurídica do Conselho sobre a atuação dos profissionais durante a fase vermelha decretada pelo Governo do Estado.