Últimas Notícias

#32 Como usuários de saúde pública interagem com informações de saúde online?

Entrevista com Dr. Bruno Tirotti Saragiotto


Portaria Crefito-3 estabelece as diretrizes para atuação dos terapeutas ocupacionais no contexto hospitalar

Documento destaca importância da assistência terapêutica ocupacional por no mínimo 12 horas/dia.


Fiscalização noturna do Crefito-3 denuncia irregularidades na assistência fisioterapêutica no Hospital de Clínicas Antônio Afonso de Jacareí


Homenagem ao Dr. Reginaldo Antolin Bonatti (1963-2018)

Em 2023 o Crefito-3 celebrou o legado do Dr. Reginaldo ao conceder seu nome à primeira unidade administrativa da Capital, no bairro de Santana.


Crefito-3 EDUCA #43 “Como identificar os sinais de Disfunção de Integração Sensorial e seus impactos no cotidiano da criança”


Coffito atualiza valor do Coeficiente de Valoração (CV) para precificação de procedimentos da Fisioterapia e da Terapia Ocupacional em 2024

O CV é o parâmetro para definir os valores do referencial nacional de remuneração dos procedimentos fisioterapêuticos (RBPF) e terapêutico ocupacionais (RNHTO). O valor da CV em 2024 é R$ 0,79


VEJA MAIS

Imagem da notícia

Publicado em: 18/05/2023

Crefito-3 oficia Instituições de Ensino Superior sobre supervisão em estágio curricular obrigatório

Na ação, Conselho reafirma que estágio curricular obrigatório deve ter a supervisão direta de docente fisioterapeuta.

A Presidência do Crefito-3 oficiou todas as Instituições de Ensino Superior do Estado de São Paulo que possuem curso de graduação em Fisioterapia, com o objetivo de orientar e instruir sobre as normas e leis referentes ao estágio curricular do discente de graduação dos cursos de Fisioterapia e Terapia Ocupacional. O ofício também solicita a adequação aos dispostos na Lei nº 11.788 e nas Resoluções do COFFITO nº 424/2013 e Resolução COFFITO nº 431/2013 no qual reafirmam que estágio curricular obrigatório deverá ter supervisão direta por docente fisioterapeuta do curso.


No texto, o Crefito-3 explica que a ação “se deve à necessidade de garantir a qualidade da formação dos futuros profissionais e a segurança dos pacientes envolvidos nas atividades. É importante ressaltar que o estágio é uma oportunidade de aprendizado, e por isso é fundamental que o acompanhamento seja feito por um profissional experiente e devidamente capacitado”.


O “docente supervisor fisioterapeuta” é o profissional apto e qualificado para exercer tal atribuição, pois objetiva que o exercício da função seja predominantemente de caráter pedagógico, visto que o estágio curricular obrigatório encontra-se alocado dentro da grade curricular da graduação, ou seja, faz parte do processo de formação teórico-prático do graduando.