Secretários Municipais de Saúde buscam informações sobre inserção da Fisioterapia e da Terapia Ocupacional em seus municípios
Participação do Sistema Coffito/Crefitos durante o XXXIII Conasems, que acontece em Brasília, visa a orientação de gestores de saúde sobre captação de recursos para inserção dos profissionais

Entre os dias 12 e 15 de julho, Brasília recebe o XXXIII Conasems – Congresso Nacional dos Secretários Municipais de Saúde. O evento reúne gestores municipais de saúde de todo o Brasil.

O Coffito e representantes de todos os 16 Crefitos do país estão participando da feira paralela ao evento, com estandes que recebem os gestores para a apresentação do potencial da inserção da Fisioterapia e da Terapia Ocupacional em suas políticas públicas.

A contribuição do Crefito-3 para a estratégia de valorização e visibilidade das profissões durante o evento está sendo a apresentação de uma avaliação do diagnóstico de saúde de diversos municípios de todas as regiões. Esse diagnóstico, obtido por meio de Geoprocessamento, identifica quais os equipamentos de saúde existentes no município, sua localização/concentração geográfica, áreas carentes de assistência, entre outros dados. A partir da análise dessas informações, o Crefito-3 apresenta o potencial de inserção de políticas e programas de saúde pública que contemplam a atuação de fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais.

Conselheiro do Crefito-3, Dr. Jônatas Silva, apresenta diagnóstico regional de saúde para gestores do Rio Grande do Sul

“Temos uma fila de gestores interessados em conhecer os programas e as estratégias do SUS onde fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais estão inseridos, e também sobre a maneira de captar recursos para esses programas”, relata o vice-presidente do Crefito-3, Dr. Adriano Conrado Rodrigues. Ele conta que hoje (12) já foram atendidos representantes de cerca de 200 municípios. “E ainda estamos no primeiro dia do evento”, comemora.

Outra ação desenvolvida durante o evento para enriquecer o olhar dos gestores sobre o potencial das profissões foi a estruturação de um “espaço de vivência” das práticas da Fisioterapia e da Terapia Ocupacional. Nesse espaço são oferecidas algumas das Práticas Integrativas e Complementares em Saúde (PICS), tais como a auriculoterapia e acupuntura; demonstrações de técnicas de Shantala e espaço dedicado à arteterapia.

          Espaço da Terapia Ocupacional durante feira paralela ao XXXIII Conasems