Sistema Coffito/Crefitos elabora propostas para inclusão de procedimentos no Rol da ANS
Prazo para envio de propostas de novos procedimentos de Fisioterapia e de Terapia Ocupacional no Rol da Agência Nacional de Saúde Suplementar termina em 4 de maio

Esteve reunida no Crefito-3, no último sábado (9 de março), a Comissão do Referencial Nacional de Procedimentos Fisioterapêuticos do Coffito. (CRNPF). Na reunião, foram debatidas questões referentes ao Rol de Procedimentos mínimos obrigatórios da Agência nacional de Saúde Suplementar (ANS).

“A ANS atualiza, a cada dois anos, o seu rol de procedimentos, de cumprimento obrigatório por parte de todo o sistema de saúde suplementar”, explica Dr. Fernando Muniz, coordenador do CRNPF. “Este ano, o processo de atualização está consultando toda a sociedade. Nós, como representantes da Fisioterapia e da Terapia Ocupacional, estamos avaliando de que forma nós, como Conselho, e também os profissionais, podem contribuir com essa revisão”.

Dr. Leandro Lazzareschi, conselheiro do Crefito-3, também é membro da CRNPF. Ele revela que o grupo fez um estudo, com bases nas solicitações de entidades de classe e associações de profissionais, para elencar procedimentos de Fisioterapia que podem ser incluídos.

“Isso não  quer dizer que a ANS irá  acatar e aceitar os novos procedimentos”, adverte Dr. Lazzareschi. “Mas temos o dever de solicitar a inclusão”.

O grupo que esteve reunido no Crefito-3 utilizou, também, os procedimentos descritos no Referencial Nacional de Procedimentos Fisioterapêuticos para embasar as propostas do Sistema Coffito/Crefitos que serão apresentadas à ANS.

Dr. Fernando Muniz enfatiza que a participação de todos os profissionais de Fisioterapia do país é importante. “Todos os que tiverem uma contribuição para a inclusão de procedimentos no Rol de Procedimentos de Fisioterapia da ANS são muito bem vindos”.

Dr. Lazzareschi reforça esse apelo, ressaltando que toda a categoria deve enviar suas sugestões diretamente à ANS, já que as sugestões de inclusão de procedimentos podem ser feitas por qualquer cidadão: paciente,s entidades de classe, indústria  e os profissionais. “Quanto mais pessoas solicitarem maior a possibilidade de aceite para a inclusão de novos procedimentos” , conclui.


As propostas de revisão e inclusão de procedimentos no Rol da ANS podem ser enviadas até o dia 4 de maio.


Para conhecer todas as informações a respeito da atualização do Rol de Procedimentos da ANS, acesse http://bit.ly/AtualizaRol