Apoie a proposta legislativa que pede fisioterapeutas em centros de hemodiálise
Texto da Ideia Legislativa precisa receber ao menos 20 mil manifestações de apoio até o próximo dia 6 de julho, para que possa ser debatida pelo Senado Federal

Está disponível no portal e-cidadania, do Senado Federal, a Ideia Legislativa que propõe tornar obrigatório, por meio de Lei, o atendimento fisioterapêutico em centros de Hemodiálise.

Segundo o idealizador da proposta, o fisioterapeuta José Carlos Molero Junior, de São Caetano do Sul, essa proposta se justifica, pois a doença renal crônica causa forte impacto na qualidade de vida dessa população.

“A perda funcional dos pacientes em hemodiálise é bastante global”, explica Dr. José Carlos. Ele explica que existe a perda da capacidade de força da musculatura respiratória, hipotrofia, tendo como consequência uma piora da marcha. “Essas restrições, que vão piorando ao longo dos anos em que se instalou essa doença renal, é uma restrição física. Essa restrição física provoca também uma restrição social, deixando o paciente mais recluso”.


Apoio precisa vir de fisioterapeutas e de toda a sociedade


A Ideia Legislativa é um dos mecanismos de participação popular no Senado Federal, presente no portal e-cidadania. Ao receber 20 mil manifestações de apoio, a proposta vai ser debatida entre os senadores. Se esse número de manifestações de apoio não for alcançado até o próximo dia 6 de julho, a Ideia Legislativa é descartada.

“A Ideia precisa do engajamento dos profissionais”, alerta Dr. José Carlos, que se preocupa com a baixa adesão dos colegas de profissão à proposta. “Precisam se engajar mais. Essa Ideia Legislativa é um benefício para a Fisioterapia e para a população. Uma briga que a gente tem que assumir para melhorar nossa profissão”.

A Ideia Legislativa sobre a inclusão de fisioterapeutas em serviços de hemodiálise irá receber manifestações de apoio até o dia 6 de julho de 2019.

Dê seu apoio à proposta, registrando seu voto em http://bit.ly/FisioNaHemo