Crefito-3 quer Fisios e TOs gastando menos com anuidade a partir de 2020
Atual cenário de crise no país; dificuldades dos recém-formados em arcar com altos custos relativos ao Conselho e os 50 anos das profissões foram alguns dos pontos citados.

Durante os meses de agosto e setembro, o Crefito-3 encaminhou três ofícios ao Conselho Federal de Fisioterapia e Terapia Ocupacional (Coffito) relativos ao pagamento da anuidade. O ofício enviado em 8 de agosto requereu o congelamento do valor da anuidade 2020, 50% de desconto para primeira anuidade e 25% de desconto para a segunda anuidade. Já o Ofício enviado em 4 de setembro solicitou o fim da segunda anuidade para donos de clínicas. Por fim, o Ofício enviado em 10 de setembro requereu 50% de desconto para profissionais acima de 60 anos. 

Um dos objetivos do Conselho Regional é propor um pacto para reduzir o peso que a anuidade gera no bolso dos profissionais. Para justificar o envio dos documentos, o Crefito-3 apresentou argumentos pertinentes, tais como o atual cenário de crise no país, que atinge os profissionais; as dificuldades dos recém-formados para arcar com altos custos relativos ao Conselho sem que estejam em efetivo exercício profissional; a contribuição decisiva de profissionais nos 50 anos de regulamentação das profissões no Brasil, além de outros pontos. 

O Crefito-3 aguarda um parecer do Coffito, que ainda não se manifestou sobre o envio dos ofícios.