Crefito-3 lança Cartilha com orientações para profissionais sobre Rodízio na Capital
Conselho captou dúvidas dos profissionais relativas à decisão da prefeitura e decidiu contribuir com profissionais
Desde 11 de maio a prefeitura de São Paulo ampliou o Rodízio para reduzir a circulação na Capital, mas tem gerado muita dúvida para os profissionais. "Temos acompanhado as dúvidas dos profissionais, temos enviados ofícios à Prefeitura alertando para a situação de fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais e estamos atentos para demandas que surgem no dia a dia dos profissionais durante as mudanças no Rodízio", disse o presidente do Crefito-3, Dr José Renato de Oliveira Leite.

O Conselho tem alertado à prefeitura que o fisioterapeuta e o terapeuta ocupacional têm o dever de manter seus pacientes assistidos, têm totais condições de avaliar e definir as condutas a serem adotadas, têm conta pra pagar e têm que agir sob a luz de seus códigos de ética. 

A ação do Crefito-3 visa informar à Prefeitura que temos muitos fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais em ação em outras frentes de trabalho e que não podem ser penalizados com multas enquanto estiverem prestando serviços a seus pacientes. Antes de encerrar, saiba que o Crefito-3 criou e disponibilizou cartilha em PDF. O material está no site e nas redes.

Na cartilha, você vai encontrar dicas, esclarecimentos e um passo a passo caso seja multado neste período.

Acesse a cartilha.