Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo conta com Crefito-3 para capacitar fisioterapeutas da atenção básica
Convite da SMS-SP para parceria, que inclui também Assobrafir e USP, objetiva ampliar oferta de atenção qualificada nas UTIs, durante pandemia da covid-19

Representante da  Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo esteve reunido esta semana com o presidente do Crefito-3, Dr. José Renato de Oliveira Leite, para solicitar apoio técnico e logístico do Conselho para a capacitação de fisioterapeutas do serviço público que atuam na atenção básica e que, em razão da pandemia, encontram-se afastado dos atendimentos. 


O objetivo dessa capacitação é preparar cerca de 300 fisioterapeutas para atuarem na assistência aos pacientes vítimas da covid-19 nas UTIs. 


Reconhecimento das ações do Crefito-3


O convite ao Crefito-3 para compor a equipe que irá planejar e desenvolver essas capacitação - que inclui também a Associação Brasileira de Fisioterapia Cardiorrespiratória e em Terapia Intensiva (Assobrafir), e também a Universidade de São Paulo (USP), foi motivado pelas informações a respeito das ações do Conselho voltadas para o apoio - técnico e científico - aos fisioterapeutas  que estão atuando nas UTIs durante a pandemia da covid-19. Exemplos dessas ações são os manuais e cartilhas orientativas sobre assistência respiratória e a biossegurança no contexto da pandemia; o plantão tira-dúvidas e a websérie “à Beira-Leito”.


Segundo o presidente do Crefito-3, nos próximos dias deve já estar definida, junto com os parceiros, a estratégia para a realização dessa capacitação. “São 300 fisioterapeutas em todo o município - 90 deles apenas na região sul . Vamos apresentar a proposta da melhor forma de realizar essa capacitação nos próximos dias”.