ABRAFISM publica recomendações sobre Fisio em Saúde da Mulher
De acordo com o documento, a recomendação geral ABRAFISM é para o oferecimento da continuidade segura dos atendimentos de Fisioterapia na saúde da mulher por meio do teleatendimento.

A Associação Brasileira de Fisioterapia em Saúde da Mulher (ABRAFISM) publicou um documento com recomendações sobre o atendimento em Fisioterapia em Ginecologia e Disfunções Sexuais durante a pandemia de COVID-19. Segundo a Associação, o documento foi elaborado com o intuito de contribuir para o atendimento fisioterapêutico em Ginecologia nas melhores condições e nortear o profissional quanto às possibilidades de avaliação e tratamento de forma remota. 


As recomendações da ABRAFISM foram elaboradas utilizando artigos originais relacionados aos temas, regulamentações nacionais, em revisões sistemáticas/meta-análises e diretrizes internacionais. Após a elaboração do material, o documento foi avaliado por uma comissão consultiva constituída por fisioterapeutas com experiência na área de Ginecologia e por médicos ginecologistas clínicos e pesquisadores.


Dentre os conteúdos abordados no material, constam Recomendações para teleconsulta e telemonitoramento; Avaliação Fisioterapêutica por Teleconsulta; Segurança no retorno aos atendimentos presenciais e outros. 


Acesse a recomendação.


Notícia originalmente publicada em novembro/2020