3 de setembro: Dia do Fisioterapeuta Especialista em Fisioterapia Aquática
A Fisioterapia Aquática utiliza dos princípios aquáticos aliados a técnicas fisioterapêuticas para recuperar, prevenir e promover saúde.

Nesta sexta-feira, dia 3 de setembro, é celebrado o Dia do Fisioterapeuta Especialista em Fisioterapia Aquática. Em 3 de setembro de 2014, o Coffito disciplinou essa Especialidade Profissional da Fisioterapia, por meio da Resolução nº 443. 


Segundo a Resolução, “para todos os efeitos, considera-se como Fisioterapia Aquática a utilização da água nos diversos ambientes e contextos, em quaisquer dos seus estados físicos, para fins de atuação do fisioterapeuta no âmbito da hidroterapia, hidrocinesioterapia, balneoterapia, crenoterapia, cromoterapia,  termalismo, duchas, compressas, vaporização/inalação, crioterapia e talassoterapia”. 


Para atuar em Fisioterapia Aquática, os profissionais precisam dominar Grandes Áreas de Competência, as quais incluem, dentre outras, a realização de consulta fisioterapêutica no ambiente externo e no ambiente da Fisioterapia Aquática, para prescrever parâmetros de indicação e intervenção; avaliação da condição física e cinesiológica-funcional específica do cliente/paciente/usuário de Fisioterapia Aquática, e sua acessibilidade no ambiente e contexto da Fisioterapia Aquática; avaliação das habilidades aquáticas, individuais ou em grupo e o nível de adaptação ao meio líquido, com vistas a estabelecer o programa de intervenção em Fisioterapia Aquática; solicitação, aplicação e interpretação de escalas, questionários e testes funcionais; solicitação, realização e interpretação de exames complementares, como: ergoespirometria subaquática, eletromiografia subaquática, dinamometria subaquática, cinemetria subaquática, entre outros. 


A atuação de fisioterapeutas profissionais especialistas em Fisioterapia Aquática se caracteriza pelo exercício profissional em todos os níveis de atenção à saúde, em todas as fases do desenvolvimento ontogênico, com ações de prevenção, promoção, proteção, educação, intervenção e recuperação do cliente/paciente/usuário, em ambientes aquáticos, entre outros, Hospitalar; Ambulatorial; Domiciliar e Home Care; Públicos; Filantrópicos; Militares; Privados; Terceiro Setor; Organizações Sociais. Além disso, podem exercer atribuições, entre outras, de Coordenação, supervisão e responsabilidade técnica; Gestão; Gerenciamento; Direção; Chefia; Consultoria; Auditoria e Perícia.