18 de maio é o Dia da Luta Antimanicomial

O Dia da Luta Antimanicomial, celebrado em 18 de maio, está diretamente vinculado ao Movimento da Reforma Psiquiátrica, que teve início no final da década de 1970.


Em 1987, esse movimento teve dois marcos importantes, que definiram a importância da definição de uma data para simbolizar essa luta: o Encontro dos Trabalhadores da Saúde Mental, em Bauru (SP), e a I Conferência Nacional de Saúde Mental, em Brasília.


O dia 18 de maio é a data para colocar em evidência a luta do Movimento da Reforma Psiquiátrica, que mudou a assistência à saúde mental no Brasil.


Com mensagem central voltada à necessidade de fim dos manicômios, a luta do movimento pelos direitos das pessoas com sofrimento mental defendia - e ainda defende -  o combate ao estigma e à exclusão das pessoas vivendo o sofrimento psíquico.

Uma das principais bandeiras do Dia da Luta Antimanicomial é a defesa do direito de todo cidadão à liberdade, do direito a viver em sociedade, e do direito de receber cuidados e tratamentos dignos e respeitosos.